A Exposição no Interweb.

A decisão veio assim, do nada. Ou não. Já fazia tempo que estava pensando em colocar num lugar super seguro como um blog, o que se passa na caixola desajustada da mocinha aqui. Afinal eu penso tanto que às vezes penso em forma de texto, eu sou muito bonita.
Não estou aqui para me despir, isso já perdeu a graça. Mas não há como impedir que isso aconteça um pouco aqui e outro pouco ali, numa idéia, num texto, numa postagem.
Outro dia me peguei reparando que sou uma pessoa do pré. Sim, eu aprecio o pré, aproveito o pré, eu me apego ao pré. Não me apego ao durante, nem ao pós, me apego ao pré. O durante eu esqueço e o pós eu supero. Mas nada apaga o pré. Acho que é aí onde reside o tal do meu sentimentalismo.
Apenas concluindo, demorei para fazer isso aqui acontecer, quase morri para escolher o nome que vai na assinatura (notem como ele é ótimo, vamos, notem!), sofri para escolher o título e pouparei comentários sobre a escolha do endereço, porque isso foi mais difícil ainda. Mas logo e provavelmente esquecerei de postar aqui e no futuro comentarei sem saudosismo algum do blog que eu fiz nos idos 2007, assim como faço quando comento daquele que fiz nos idos 2001.

Anúncios

2 comentários sobre “A Exposição no Interweb.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s