[VÍDEO] DROPS #8 – ALIMENTAÇÃO

Oi! Olha quem falou que ia fazer vários posts e depois sumiu hahahaha.

No vídeo de hoje vocês podem me ver coçando o nariz bem no estilo Žižek, mas juro que é só a minha rinite hahahaha. Além disso, estou falando sobre um assunto que eu acho que até passa pela nossa cabeça, mas no meio de tanta coisa que a gente pensa quando decide ir pra Holanda, não acaba sendo uma prioridade, mas é sim alvo da nossa curiosidade.

O vídeo é sobre a alimentação e eu, só depois que terminei de editar e postei o vídeo, percebi que provavelmente precisarei fazer um vídeo 2, falando mais sobre as comidas que encontramos nas ruas, pois acabei falando mais sobre comidas caseiras e pincelei o assunto das batatas e do stroopwafel, mas na rua a variedade de restaurantes e snacks são enormes!

Ficou com alguma dúvida? Já tá na Holanda e que contar como é na sua casa? Deixa nos comentários :)

[vídeo] DROPS #7 – Perguntas para a Host Family

O Drops de hoje é sobre as mil perguntas que a gente quer, pode e deve fazer para os host parents durante nossos skypes e emails. O quanto a gente deve perguntar no primeiro skype? E o que devemos deixar para os próximos? Eu acho que a host family tem que estar disposta a falar de schedule e contrato desde a primeira interação e gostava muito quando eram elas que tomavam a iniciativa de tocar no assunto.

Se você não consegue organizar os pensamentos ou se está nervosa sobre o que perguntar, no vídeo abaixo eu falo de maneira geral quais perguntas não podem ficar de fora. E se você quiser vê-las listadas e em inglês, desce a página e dá só uma olhadinha na seleção (separada por assuntos) que fiz!

Perguntas para os Host Parents

Como vocês se conheceram? How did you meet?
Há quanto tempo estão juntos? How long have you been together?
Com o que vocês trabalham? What kind of job do you have?
Vocês gostam do trabalho que executam? Do you like your job?
Onde ficam seus empregos? Where do you work and where it is?
Quantas horas por dia vocês trabalham? How many hours a day do you work?
O que vocês gostam de fazer no tempo livre? What do you like to do on your free time?
Vocês têm algum hobby? Do you have any hobbies?
Vocês gostam de viajar? Do you like to travel?
Vocês costumam viajar nos feriados e férias? Do you travel on holidays and on your vacation from work?
Como vocês se descreveriam (a si mesmos e um ao outro)? How would you describe yourself and each other?
Porque decidiram ter au pair? Why did you decide to have au pairs?
Quais qualidades vocês esperam de uma au pair? What qualities do you expect from an au pair?

Perguntas sobre (ou para) as Kids

Quais os nomes e idades das crianças? What are the kids names and ages?
Eles já falam inglês? Do they speak English already?
Eles gostam de ir pra escola? Do they enjoy going to school?
Onde fica a escola deles? Where their school is located?
Eles praticam algum tipo de esporte? Do they practice any sports?
Com o que eles gostam de brincar? What kind of games do they like to play?
Eles costumam brincar com amiguinhos? Do they have playdates?
Eles costumam assistir televisão? Do They watch television?
Quais programas e personagens de televisão eles gostam? Which tv shows and characters do they like?
Eles já têm uma rotina estabelecida? Do they have a fixed schedule?
Eles têm alguma dieta especial ou restrições alimentares? Do they have any special diet or any food restriction?
Eles dão trabalho para comer? Do they have trouble to eat?
Eles tomam algum medicamento de uso contínuo ou fazem algum tratamento médico? Do they take any prescribed medication or are under any medical treatment?
Eles necessitam de algum cuidado especial por questões de saúde? Do they require any special care do to health issues?
Como você descreveria o temperamento das crianças? How would you describe their temper?
Eles têm problemas de sono? Do they have trouble to sleep?
Como eles lidam com a rotina de higiene? How do they take their hygiene routine?
Como eles lidam com as novas au pairs quando elas chegam? How do they behave towards the new au pair when she arrives?

Perguntas sobre a cidade

Quantos habitantes a cidade tem? How many people live in the city/town/village?
Onde ela fica localizada? Where is it located?
A cidade fica longe de Amsterdam? Is it far from Amsterdam?
A cidade tem estação de trem? Does the city/town/village have a train station?
A cidade tem algum clube comunitário? Does the city have a community club?
O que as au pairs fazem para se divertir na cidade? What do the au pairs do for fun?
Existe algum museu na cidade? Are there any museuns in the city?
Existe alguma biblioteca na cidade? Are there any libraries in the city?
Existem academias na cidade? Are there any gyms in the city?
Quantas au pairs, em média, eles têm conhecimento de que existem na cidade? Do you know how many au pairs might live in the city with other host families?
O curso que eu farei fica na cidade? Is the course I’ll attend in the city?

Perguntas sobre o schedule e o contrato

Eu terei uma rotina fixa? Will I have a fixed schedule?
Quantas horas por semana eu vou trabalhar? How many hours per week will I work?
Em quantas horas por dia as horas da semana serão dividas? For how many hours per day will these hours be divided?
Vocês têm alguma regra da casa que devo seguir? Are there any house rules I should follow?
Eu terei toque de recolher? Will I have curfew?
Quais responsabilidades são esperadas de mim? What responsabilities are expected from me?
Que tipo de atividades vou realizar com as crianças? What kind of activities will I do with the children?
Que tipo de atividades vocês consideram trabalho de casa leve? What kind of activities do you consider light house work?
De quanto será o meu pocket money? What will be my pocket money?
Como vocês preferem me pagar? How do you prefer to pay me?
Como vocês diferem horas trabalhadas de horas gastas em família? How do you distinguish working hours from family hours?
O que eu posso fazer no meu tempo livre? What can I do on my free time?
Em que dia da semana e em qual horário vocês esperam que eu faça meu curso? At what time of the day and day of the week do you expect me to attend my course?
Eu terei que trabalhar nos finais de semana? Will I have to work on weekends?
Eu terei que ficar de babá? Will I have to do babysittings?
Eu terei que ficar de babá em finais de semana? Are any of these babysittings on weekends?
Vocês consideram ficar de babá no fim de semana como trabalho extra ou descontam essas horas das 30 horas de trabalho semaias? Do you consider them to be extra work or do you count them on the 30 hours per week work?
Vocês costumam dar folga para as au pairs durante os feriados? Do you usually give the holidays off to the au pair?
Onde é o quarto da au pair? Where in the house is the au pair room?
Como é o quarto da au pair?How is the au pair room?
Eu irei dividir o banheiro com as crianças ou outros membros da família? Will I share the bathroom with the kids or the rest of the family?

Tem alguma que ficou de fora e você acha super importante? Conta nos comentários! E aproveita e me diz, quando você acha que a gente deve discutir questões de schedule e contrato com a host family?

Beijos!

[vídeo] DROPS #6 – Certidão de Nascimento

Oi gente!

Eu sei que o dia de vídeo sobre au pair foi ontem, mas vocês sabem como é, né?

Seguindo a rotina de vídeos que tiram dúvidas sobre o processo de ser au pair na Holanda, o vídeo da vez explica o que a página “certidão de nascimento e consulado” já diz sobre a parte da certidão (inclusive, o vídeo está lá pra sempre pra quem quiser assistir), mas acho que reforçar as informações numa mídia diferente poderia ser legal pra todo mundo.

Curtiu? Dá um joinha lá no youtube, assim o youtube sabe que todo mundo adora, mostra mais nos resultados das pesquisas e mais gente assiste o vídeo e é ajudada :)
E não se esquece de se inscrever lá no canal

[Vídeo] DROPS #5 – Inglês na Holanda

Sexta-feira é dia de dica de au pair! Uh uhul!

Hoje o tema é: Dá pra se virar sem falar holandês lá na Holanda? E dá pra melhorar o inglês que você já tem por lá também?

Dá o play pra conferir:

Agora, essas dicas são pra alguém que quer ser au pair, claro. Se você quer ser um expatriado, aprender a língua local é importantíssimo, não há discussão sobre isso. Um(a) au pair fica no país por no máximo um ano e nesse período, realmente, não há necessidade de você se aprofundar muito no holandês, porque o inglês, sim, dá conta do seu dia a dia. Então, entre continuar estudando inglês ou pegar o básico do holandês, nesse caso, compensa mais escolher o primeiro. O que você pegar de holandês no dia a dia já está ótimo, e você sempre pega alguma coisa aqui e outra ali.

As dicas que dei no vídeo, de forma mais estruturada são:

– Nos skypes com as famílias já dá pra sentir o nível de inglês deles, preste atenção, veja se você consegue entender tudo o que eles dizem, avalie isso pela maneira como eles falam. Se seu nível é intermediário, você já consegue diferenciar o certo do errado na estrutura das frases.
– Escolha uma família que te permita estudar inglês. Muitas famílias não pedem que você estude holandês, então use isso a seu favor e estude inglês enquanto você está lá.
– Escolha famílias com kids maiores, que já estudem inglês na escola também, assim você pode praticar com elas também.
– Faça amigos internacionais! Num lugar onde nenhuma au pair fala o idioma local, aproveite pra fazer amizade com aquelas que se não falarem inglês, não fazem amizade com ninguém. É bom fazer amizade com brasileira? SIM! Mas não se cerque apenas delas. Conheça e crie laços com quem também precisa falar inglês. E é bom, se todas estiverem com níveis parecidos de inglês, vocês aproveitam para se corrigir e todo mundo melhora!

Em relação ao sotaque, o sotaque dos holandeses costuma ser bem claro, eles pronunciam todas as palavras super bem.

Eu sempre mostro os vídeos dessa mulher, pq ela me lembra muito a maneira como meus hosts falavam:

E nesse vídeo dá pra ouvir jovens falando inglês também:

Espero ter ajudado!
Beijos!

[vídeo] TAG: 50 fatos sobre mim

Gente, aconteceu. Eu nem sei direito como, mas foi assim: eu sempre assisto essa TAG e sei 50 fatos aleatórios sobre um monte de gente que eu não conheço hahaha. E sei lá, acho que fui me inspirando nisso… uma bela noite, deitada na cama, me perguntei se seria capaz de juntar 50 fatos sobre a minha pessoa e achei que até daria certo.

Dias depois, me sentei com meu caderno lindo e enumerei as linhas de 1 a 50 e simplesmente fui escrevendo. O que eu descobri é que provavelmente iria até os 150 com bastante facilidade. Gente é gente, gente. Não adianta ficar quebrando a cabeça querendo contar coisas super interessantíssimas e empolgantes e diferentes sobre nós mesmos, porque tudo o que acontece com a gente é único, mesmo que outras pessoas tenham passado por situações muito similares. Foi com isso em mente que elaborei a minha lista, e foi com isso em mente que acredito que poderia listar muito mais coisas…

O resultado foi esse:

E falando com um amigo mais cedo, depois de mostrar esse vídeo para ele, ele disse que gostaria de ver ‘listas’ falando sobre música e também esportes… e eu acho que dá pra falar sobre muito mais, eu adoro falar sobre esses assuntos. Vou procurar se já existem TAGs do gênero, senão eu invento hahaha.

Programação para a Manga!

Eu concordo com vocês que fica complicado acompanhar qualquer coisa que não tenha uma frequência muito boa. Por isso não culpo ninguém que não consegue acompanhar muito bem esse blog.

Depois de muita reflexão, ponderação e outros sinônimos e similares, resolvi chacoalhar a poeira da minha mente e voltar a escrever/postar com mais cuidado e carinho no meu cantinho obscuro da inter-nets. Sim, eu estou falando desse blog lindo aqui, o Aceite esta Manga.

Me programei, criei até uma agenda no google calendar pra poder me organizar. Agora os dias da semana terão posts fixos, em teoria, mas eu vou tentar ao máximo me ater a eles.

Ai, que legal, né? Mas que conteúdo tão incrível é esse que vou compartilhar com vocês? Então… hahaha.

Aos domingos: tô pensando em compartilhar com vocês playlists legais com músicas bacanas para embalar a próxima semana. Só não sei ainda a plataforma que quero usar, pq sou preguiçosa. Alguém tem uma sugestão?
Segundas: vídeos sobre o processo de au pair. Sim, mas nas segundas vão ser vídeos mais sobre o processo mesmo, tipo app, agência, skype, visto e afins.
Terças: nada, também sou filha de Deus.
Quartas: um post pessoal, pode ser escrito, pode ser um vlog, pode ser o que eu quiser, ok?
Quintas: sério, me deixem descansar.
Sextas: outro vídeo sobre au pair. Eba! Só que dessa vez coisas mais práticas, como o inglês, o pocket money, custo de vida, coisas legais.
Sábados: sábado é dia de eu exercitar minha vision board com vocês, compartilhando lugares do mundo que eu adoraria visitar.

Tá bom? Acho que está. Pode melhorar? Com certeza. O importante é começar de algum lugar.

Curte o blog lá no facebook (tem a caixinha pra curtir aqui do lado, aproveita a praticidade) e sempre que um post novo vai pro ar, você recebe lá.

Ou segue o blog por email, é só colocar seu email aqui do lado também, aproveita essa praticidade também. Se você tiver conta no wordpress, segue o blog pelo botão de seguir deles.

Tem como seguir no google+ também. E se você quiser ficar sabendo dos vídeos, sem precisar entrar no blog, se inscreve lá no canal do youtube.

Olha só, várias opções.
Então é isso, tá? Até amanhã!

[Vídeo] DROPS #4 – Application

Mas já tem vídeo tirando mais dúvidas sobre como é ser au pair na Holanda? Sim!

Hoje, o que o vídeo traz são mais dicas e “conselhos” de como preencher seu application – o famoso APP. O segundo passo após a escolha da agência envolve muita auto análise e auto conhecimento. E também bastante poder de síntese hahaha.

[Vídeo] DROPS #3 – 300 euros dá?

Um dos posts talvez mais aguardados está aqui!
Depois de uma enxurrada de comentários, emails e mensagens no facebook, gravei um vídeo respondendo a tão frequente dúvida: Dá pra se manter, se divertir e ainda viajar com os 300 euros que um(a) au pair recebe como pocket money?

Uma resposta mais completa você encontra no vídeo, junto com algumas dicas para fazer o nosso rico dinheirinho render. Quer saber? Dá o play!

Apenas lembrando que casa, comida e roupa lavada são providenciados pela host family… quer dizer, né? Você lava a sua roupa. Mas casa e comida deve ser provido pelos hosts por contrato. É claro que sua host family provavelmente não vai encher o armário de guloseimas pra você, mas a comida do dia a dia está garantida. Um gasto fixo além do chocolatinho, e dos que eu citei no vídeo, são os produtos de higiene pessoal, mas eu juro pra vocês que os preços são super em conta e não atrapalham muito o nosso orçamento de au pair.

[vídeo] Travel Self(ies)

Fazia algum tempo já que eu queria fazer uma vídeo colagem com todas as selfies que tirei pelas minhas andanças, viajando sozinha ou acompanhada. E pra ser sincera, nunca tinha feito por pura preguiça…

Até que hoje sentei em frente ao computador e em pouco tempo o vídeo estava pronto. O que demorou mesmo foi encontrar as fotos em todas as milhares de pastas de todas as viagens.

Assiste pra ver como ficou!

Nas fotos, aparecem comigo: Fernanda, Lia, Jana, Ale, Ed, Paula, Isa, Helda, Thiago, Guilherme, Alana, Júlia, Monique, Katha, Vi, Luana, Cristiano, Dani, Clayton e, claro, o Augusto <3

E quer saber onde as fotos foram tiradas?

Lisboa – 2009
Madri – 2009
Barcelona – 2011
Paris – 2009 | 2011
Versailles – 2009 | 2011
EuroDisney – 2011
Amsterdam – 2009 | 2013 | 2014
Zaanse Schans – 2009
Berlim – 2009 | 2011
Frankfurt – 2009
Roma – 2009
Buenos Aires – 2013
Londres – 2013
Glasgow – 2013
Edimburgo – 2013
Colônia – 2013
Munique – 2013
Viena – 2013
Budapeste – 2013 | 2014
Praga – 2014
Utrecht – 2013 | 2014
Zaandam – 2014
Rio de Janeiro – 2014
Brasília – Vários anos, nem sei hahaha.

E aí, o que acharam?

Novo layout!

Amigos e amigas, vocês tão bem?

Hoje o post é só pra marcar uma mudancinha que rolou aqui no blog! Depois de alguns anos com um layout lindo que eu amava e sempre tinha medo de mudar… finalmente mudou!

Screen Shot 2015-06-08 at 1.01.24 PM

Screenshot pra lembrarmos de como o blog era :)

E aí, gostaram da aparência nova? Dei uma ajeitadinha aqui no menu lateral também, deixei ele mais modernoso. E coloquei algumas coisas lá embaixo, no menu de rodapé, vai lá conferir.

Basicamente é isso. O header alí em cima ainda é o mesmo, lindo, da Júlia D’Alkmin.