[vídeo] Travel Self(ies)

Fazia algum tempo já que eu queria fazer uma vídeo colagem com todas as selfies que tirei pelas minhas andanças, viajando sozinha ou acompanhada. E pra ser sincera, nunca tinha feito por pura preguiça…

Até que hoje sentei em frente ao computador e em pouco tempo o vídeo estava pronto. O que demorou mesmo foi encontrar as fotos em todas as milhares de pastas de todas as viagens.

Assiste pra ver como ficou!

Nas fotos, aparecem comigo: Fernanda, Lia, Jana, Ale, Ed, Paula, Isa, Helda, Thiago, Guilherme, Alana, Júlia, Monique, Katha, Vi, Luana, Cristiano, Dani, Clayton e, claro, o Augusto ❤

E quer saber onde as fotos foram tiradas?

Lisboa – 2009
Madri – 2009
Barcelona – 2011
Paris – 2009 | 2011
Versailles – 2009 | 2011
EuroDisney – 2011
Amsterdam – 2009 | 2013 | 2014
Zaanse Schans – 2009
Berlim – 2009 | 2011
Frankfurt – 2009
Roma – 2009
Buenos Aires – 2013
Londres – 2013
Glasgow – 2013
Edimburgo – 2013
Colônia – 2013
Munique – 2013
Viena – 2013
Budapeste – 2013 | 2014
Praga – 2014
Utrecht – 2013 | 2014
Zaandam – 2014
Rio de Janeiro – 2014
Brasília – Vários anos, nem sei hahaha.

E aí, o que acharam?

50 fatos sobre ser au pair na Holanda.

Oi  gente, sumi, né?

Os últimos meses foram bem corridos, mas to de volta para compartilhar com vocês esse vídeo respondendo a TAG do youtube: 50 fatos sobre…
E junto com a Isabelle, que foi au pair na Holanda também, elaborei a lista de 50 fatos sobre ser au pair na Holanda!

São 50 fatos, mas na verdade tem muito mais! Se você lembrar de algum que ficou de fora, deixa nos comentários, eu acho que dá tranquilo pra fazer outro vídeo com mais 50 fatos hahahaha.

Então dá o play, relaxa na cadeira e curte os fatos e a trilha sonora!

Top 3 clipes: Arcade Fire

Tou nessa vibe de reviver algumas bandas que já gostei muito de ouvir… algumas eu sempre ouço pra matar a saudade, mas outras eu revivi pra valer, como o Arcade Fire… que eu não ouvia fazia um bom tempo e mal acompanhei quando eles lançaram o The Suburbs. Eu até acompanhei algumas críticas, dei uma ouvida e deixei pra lá, porque tava em oooooutra vibe.

Agora a vibe é ouvir Arcade Fire… principalmente porque outro dia eu estava com o VH1 ligado e começou a tocar a música homônima ao disco e eu parei pra assistir ao clipe. Eita nossa, que angústia!

#3, pela angústia latente na garganta: The Suburbs

#2, pelas referências (não tão) sutis aos anos 80, pela dança e pela edição ritmada: Sprawl II (Mountains Beyond Mountains)

#1, pelo ano de 2005 quando eu vi a banda ao vivo no Tim Festival e chorei por dentro, toda encantada: Rebellion

Destino de Desejo: Whistler

Na vibe atual de acompanhar vlogs de viagem, descobri um lugar que fiquei morrendo de vontade de conhecer!

Whistler em si, é uma cidade turística de 10 mil habitantes no Canadá e lá ficam as montanhas Whistler e Blackcomb. Parece-que é um resort de ski, sei lá, não entendi muito bem, mas esse também não é o meu principal interesse. O que me interessa é o teleférico de Blackcomb que fica a 2.240 metros de altura!!

É assim visto de fora:

É assim que você vê a neve:

É assim que não se vê nada na neblina:

E é assim em movimento:

Eu não sei se vai começar do ponto certo, mas pra ver a parte do teleférico é só pular pros 5:16.

Noite Estrelada como você nunca viu antes.

O usuário FlippyCat do youtube tem mais de 198 mil inscritos em seu canal. O que você encontra nele é uma explosão de movimentos e essas explosões já arrecadaram quase 10 mil fãs em sua página do facebook.

O que, afinal, ele divulga em seu canal? Vídeos de suas obras, que na real são dominós caindo e formando padrões e também algumas vezes obras de arte.

Há 1 semana mais ou menos ele publicou exatamente o Noite Estrelada de Van Gogh e apesar de alguns erros na sequencia, o resultado ficou bem legal. Segundo ele, foram duas tentativas, sendo que a segunda levou mais de 11 horas e 6.000 peças para ficar pronta.

Para ver outros vídeos dele é só entrar no canal.

Top 3 clipes com pintura facial.

O título alternativo do post seria Hipsters e a pintura facial e ok, não é lá muito justo sair chamando tudo de hipster, mas quem aqui se importa de verdade?

3. Walk The Moon – Anna Sun

2. Gotye – Somebody that I used to know

3. We Have Band – You came out

Tem Mallu aqui não.

Atenção, este blog não falará sobre a nova Mallu Magalhães:

Tratarei de coisa melhor, aproveitando o gancho de clipe novo.

Mastodon lançou clipe novo semana passada. A banda que sempre faz o trabalho bem feito não deixou fez diferente dessa vez e soltou o vídeo de Dry Bone Valley na quarta feira passada.

Desde de que lançou o último álbum, The Hunter, no segundo semestre do ano passado a banda tem lançado clipes periódicamente e outros vídeos que deixam os fãs salivando e querendo mais. Justo! Tem vídeo da produção do vinil, tem vídeo da construção do boneco que tá na capa do álbum, tem clipe não oficial, clipe oficial…

O Dry Bone Valley foi dirigido e animado pelo ilustrador (e artista-faz-tudo) Tim Biskup que não deixou nem um pouco de colocar sua marca na tela.

I am trying to destroy you.

Clica no nome do Tim e seja transportado pro universo lindo que é o site dele!

E se você perdeu algum vídeo que o Mastodon já soltou no youtube, corre pro canal deles e vem ficar babando aqui comigo!

Notícia velha.

Daí que o Dave Grohl foi eleito o novo gênio da música pelo NME, ok. Isso foi semana passada.

Daí que ele agradeceu dizendo que eles estavam dando o prêmio a um baterista e depois o ofereceu ao falecido lá, ao Kurt Cobain.

Tá, tudo bem, foi Kurt e seu gênio que fez o mundo se virar praquele cantinho chuvoso dos EUA e dar toda a atenção (e o título de salvação do rock) pro Nirvana há o que? Cerca de 20 anos?

Fato é que nós, em geral, os cerumanos, potencializamos nos outros o nosso desejo de viver plenamente, dores e alegrias e concluímos que aqueles, que alcançam a grandeza pra daí cair magistralmente e morrer de alguma forma dolorosa ou bem trágica… estes serão os nossos heróis, estes são os nossos ídolos, eles são os gênios.

Não devemos nos culpar, afinal, isso é feito desde sempre. A literatura tá cheia de exemplos, a música clássica também e o rock’n’roll, esse nem se fala. Em menos de um século já gerou heróis para todos os gostos.

Eu, ao contrário de muitos, gosto de apreciar o conjunto da obra. E eu acho que é aí que diferenciamos Dave Grohl de Kurt Cobain. Dave não deu simplesmente a sorte de não ter morrido tragicamente aos 27 anos, ele passou de baterista a frontman  com uma sutilidade e maestria que, olha, não sei você, mas eu admiro.

E se você ainda quer mimimizar, pega uma cadeira e acompanha comigo:

 

breve update: youtube me pegou por trás agora, mas eu sei que vocês clicarão nos videos pra ver no youtube e concordarem comigo ˆˆ