Programação para a Manga!

Eu concordo com vocês que fica complicado acompanhar qualquer coisa que não tenha uma frequência muito boa. Por isso não culpo ninguém que não consegue acompanhar muito bem esse blog.

Depois de muita reflexão, ponderação e outros sinônimos e similares, resolvi chacoalhar a poeira da minha mente e voltar a escrever/postar com mais cuidado e carinho no meu cantinho obscuro da inter-nets. Sim, eu estou falando desse blog lindo aqui, o Aceite esta Manga.

Me programei, criei até uma agenda no google calendar pra poder me organizar. Agora os dias da semana terão posts fixos, em teoria, mas eu vou tentar ao máximo me ater a eles.

Ai, que legal, né? Mas que conteúdo tão incrível é esse que vou compartilhar com vocês? Então… hahaha.

Aos domingos: tô pensando em compartilhar com vocês playlists legais com músicas bacanas para embalar a próxima semana. Só não sei ainda a plataforma que quero usar, pq sou preguiçosa. Alguém tem uma sugestão?
Segundas: vídeos sobre o processo de au pair. Sim, mas nas segundas vão ser vídeos mais sobre o processo mesmo, tipo app, agência, skype, visto e afins.
Terças: nada, também sou filha de Deus.
Quartas: um post pessoal, pode ser escrito, pode ser um vlog, pode ser o que eu quiser, ok?
Quintas: sério, me deixem descansar.
Sextas: outro vídeo sobre au pair. Eba! Só que dessa vez coisas mais práticas, como o inglês, o pocket money, custo de vida, coisas legais.
Sábados: sábado é dia de eu exercitar minha vision board com vocês, compartilhando lugares do mundo que eu adoraria visitar.

Tá bom? Acho que está. Pode melhorar? Com certeza. O importante é começar de algum lugar.

Curte o blog lá no facebook (tem a caixinha pra curtir aqui do lado, aproveita a praticidade) e sempre que um post novo vai pro ar, você recebe lá.

Ou segue o blog por email, é só colocar seu email aqui do lado também, aproveita essa praticidade também. Se você tiver conta no wordpress, segue o blog pelo botão de seguir deles.

Tem como seguir no google+ também. E se você quiser ficar sabendo dos vídeos, sem precisar entrar no blog, se inscreve lá no canal do youtube.

Olha só, várias opções.
Então é isso, tá? Até amanhã!

Novo layout!

Amigos e amigas, vocês tão bem?

Hoje o post é só pra marcar uma mudancinha que rolou aqui no blog! Depois de alguns anos com um layout lindo que eu amava e sempre tinha medo de mudar… finalmente mudou!

Screen Shot 2015-06-08 at 1.01.24 PM

Screenshot pra lembrarmos de como o blog era 🙂

E aí, gostaram da aparência nova? Dei uma ajeitadinha aqui no menu lateral também, deixei ele mais modernoso. E coloquei algumas coisas lá embaixo, no menu de rodapé, vai lá conferir.

Basicamente é isso. O header alí em cima ainda é o mesmo, lindo, da Júlia D’Alkmin.

Dicas de leitura: Au pairs – parte 2.

Há uns 3 meses mais ou menos eu dei algumas dicas de blogs (e vlogs) de au pairs que estão na Holanda e nos EUA. Pois bem, uma nova leva de au pairs está chegando ou chegou há um tempinho e por isso vou dar novas dicas! É legal para quem quer acompanhar as (des)aventuras em série dessa nova leva em tempo real. Acho que a troca de experiências pode ser mais valiosa assim. Vamos às dicas!

Minha primeira indicação é um blog de uma futura au pair nos EUA, a Aline. O bla bla bla au pair é um blog gostoso de ler porque os posts são curtinhos, mas frequentes, então não tem erro nem prolongação. A escrita é super bem humorada e ela explica direitinho assuntos como a burocracia do visto americano para au pairs, fala sobre a região onde irá morar lá na costa leste e também tem um espaço super menininha, com desabafos (claaaro) e receitas de deliciosidades que nos é sempre útil.

O Brasileira na França é um blog bem descritivo, mesmo! A autora, Jéssica chegou há pouco tempo na França e está relatando com detalhes o seu dia a dia. É legal ler sobre uma rotina tão parecida, mas ainda assim num lugar tão diferente do eixo que eu pelo menos estou acostumada. E desde antes do seu embarque ela já não economizava nas palavras e sempre compartilhou todas as informações que envolvem o processo pra lá. Esse blog é pra quem gosta de boas histórias.

O Surviving the Unknown é o blog da Flávia e é um dos que eu adoro ler. Ela está indo para a Holanda logo logo e eu não sei explicar direito, mas ela é tão direta, objetiva, não sei explicar mesmo! Mas gosto da maneira como ela se expressa e dos temas que aborda no blog. É um blog sóbrio, mas fluido, gostoso de ler.

Se você procura um blog doce, minha dica é o Pra Nunca Esquecer, da Raphaela. Ela acabou de chegar lá na Holanda e por enquanto está atualizando bastante. O blog é bastante feminino, não só esteticamente, mas o conteúdo também, apesar de ser bastante pessoal. Ela dá dicas legais e comenta sobre sua rotina.

A Liza usa o Tamanco Verde e Amarelo para contar alguns causos, compartilhar alguns fatos e registrar sua estadia lá no sul da Holanda. Ela já está lá há algum tempo, isso é verdade, mas no outro post eu acabei esquecendo de dar essa dica. É uma leitura tranquila e é sempre legal acompanhar as histórias de gente como a gente hahaha.

A Luanda tem um blog-diário que é um dos mais completos que já vi nessa minha vida de leitora de blogs de au pairs. Pra vocês terem uma ideia, ela fez um post que eu considero o santo graal das dicas de o que levar na mala. Eu não vou entrar em muitos detalhes sobre isso agora, é claro, mas deem uma linda. Texto lindo! Ela chegou em Den Haag (Holanda) no começo do mês e já foi au pair nos EUA também, dá pra ler tudo sobre a primeira experiência dela lá nos arquivos do blog. Uma delícia!

O IsamsterDAMN! não é simplesmente um blog, a autora, a Isa, aproveitou o gancho e o transformou num site bastante completo. Os assuntos não são diferentes dos de um blog comum, mas a navegação e o layout são bem diferentes. O nome vem do fato de ela estar chegando em Amsterdam logo logo, mas já faz algum tempo que ela vem escrevendo sobre a experiência toda. Ela também está na equipe d’O Blog das 30 Au Pairs.

O único rapaz a integrar a lista de blogs que indico é o Willian com o Agora que sou au pair na Holanda. Ele também já foi au pair nos EUA e agora mora em Maastricht, no sul do país das tulipas. O blog é bem maduro, mas também é muito divertido e a leitura é super fácil. Além disso tudo, é muito legal ler a opinião não só de alguém que já tem experiência no assunto, mas também de um homem sobre esse universo tão dominado por nós mulheres.

Pra fechar o post, indico o blog da Beth, o Bem me leve. Já faz algum tempo que ela voltou pro Brasil (tipo, alguns anos), mas ela ainda usa o blog pra contar das memórias e experiências que teve. No entanto o blog não é um caderno de memórias, todo nostálgico e romântico… é claro que esses elementos estão presentes, porque fazem parte da saudade, mas o foco principal é relembrar, reviver e dar dicas para as atuais e futuras au pairs que ainda são direcionadas ou caem de paraquedas em seu blog. Além disso os arquivos da época em que ela foi au pair ainda estão disponíveis então é possível espiar o que aconteceu no seu ano holandês.

Pronto! Bem provável que eu ainda faça diversos outros posts sobre o tema, porque gente… haja au pair! E dentre todas, sempre existem aquelas que se arriscam a escrever e conseguem construir conteúdo belo e útil para aquelas que também querem se aventurar ou que querer estar pertinho delas durantes suas aventuras.

Ano novo com mudancinhas no blog.

Oi gente!

Feliz ano novo e blá blá blá. Espero que esse ano vocês consigam ser tudo o que querem e conquistem tudo o que desejam… mas eu não sou muito piegas nesse sentido e não ligo muito pra essa história de “uuuuuuuuuh recomeços”. De qualquer jeito, desejo que vocês sejam felizes nos próximos 365 dias e nos outros 10950 no mínimo também (são 30 anos, tá gente. Estou desejando 31 anos de felicidade pra vocês, olha como sou generosa).

Aproveitei essa terça-feira comum também chamada de primeiro dia de 2013 para dar uma organizadinha aqui no blog e colocar em prática algumas vontades que tinha e não tava conseguindo fazer no final de 2012. Não é nenhuma mudança de layout nem nada, mas sim organizacional mesmo.

Pra começar, o menu lateral: Eu tirei a parte de arquivo, era uma lista enorme cheia de meses desde que o blog começou… pois bem, como já tem o calendário aqui do lado, dá pra vocês navegarem por ele e chegarem onde pretendem, mas eu realmente não acho que alguém esteja muito interessado em ir lá em março de 2008 pra dar uma lida no que foi escrito por mim. Outra mudancinha que aconteceu foi que coloquei as categorias num menu suspenso, de modo que agora você precisa clicar ali para encontrar as categorias onde os posts são arquivados. Aproveitei e coloquei também pra mostrar quantos posts tem em cada uma. Nada demais né?

A maior mudança aconteceu aqui no menu superior. Eu tirei as abas “Holanda” e “Au Pair” e substituí pela aba “Au Pair na Holanda”. Você pode clicar nela que tem um texto lindo te direcionando para vários lugares novos e também explicando cada um. Se você é muito sagaz e sabe se virar sozinho, a novidade é que quando você passa o mouse em cima da aba “Au pair na Holanda” um novo menu se abre e lá você pode selecionar as seguintes opções: Pré-requisitos, Agências, Certidão de Nascimento e Consulado, Meu Processo, Causos auparianos, Causos holandeses, Mapas e Viajando Barato.

Praticamente todos esses itens estão aí para facilitar quem vem ao blog procurando informações sobre o programa de au pair, mas as duas ‘categorias’ de causos são exatamente as antigas abinhas “Holanda” e “Au Pair”. Eu fiz isso pra deixar mais organizado mesmo, se alguém ainda quiser ler tudo o que escrevi sobre minha experiência com a Holanda e detalhes do meu processo de au pair, é ali que tem que clicar.

Tão vendo? Nenhuma grande mudança, só organizei as coisas e vou acrescentar mais conteúdo que acho útil. Só devo dizer que algumas das novas páginas ainda não estão prontas, então não reclamem ainda caso cliquem lá pra conferir e não encontrarem nada… durante a semana completo tudo e daí todo mundo fica feliz.

Ah! Outra coisa: aproveitei e renomeei a página de links. Então se alguém quiser saber quais blogs sigo, leio, acho lindo ou se alguém quiser saber onde mais me encontrar por aí nas redes sociais, é só clicar em Bibliografia Indicada.

Agora sim terminei.

Um beijo!

Atordoada.

Por mais que eu adore falar, está realmente difícil me comunicar aqui no blog. Tem muita ideia rolando, várias coisas legais pra contar, mas simplesmente agora não é a hora, ou eu não sei direito como compartilhar. Então fica aquela coisa, o blog meio parado, mesmo com a cabeça à mil.

 

Se eu imaginei um final de 2012 pra mim, este não está como o imaginado. Muito menos como o planejado. Muitas mudanças aconteceram durante os últimos meses e eu juro que não me lembro o último ano que tenha sido esta montanha russa de emoções como este está sendo.

Se eu fosse escolher sentimentos que podem ser aplicados, assim, brevemente, à esse 2012 eu diria: ansiedade, insegurança, curiosidade e perseverança. É engraçado, mas eu acho que eu nunca estive tão pé no chão como estou agora, ciente de tudo, sabe? Mas ao mesmo tempo é um pouco assustador (não consegui encontrar palavra melhor), parar para pensar de como estamos vulneráveis às vontades dos outros. O que eu quero pra mim não é algo tão difícil de se conseguir, eu sei de pessoas tão preparadas quanto eu e às vezes menos ainda, que conseguiram e isso é, de certa maneira, encorajador. Às vezes é só um tanto frustrante.

E se eu deixar a ansiedade a e insegurança tomarem conta, me encontrem no meu quarto, em posição fetal. Só que não, não vou deixar. O que eu mais tenho em mim é essa vontade de conseguir, do jeito que for, do jeito que será melhor. Perseverança é a palavra pra esses próximos dois meses. Estou vulnerável? Sim. Mas posso também fazer minha parte e estou fazendo. Só espero que 2013 seja melhor. Cansei desses turbilhão de sentimentos me atacando o tempo todo. Haja autocontrole. Haja pragmatismo.

E é por isso que não tenho escrito tanto aqui. Porque, como percebe-se, a mente não pára e além de não ser bacana pra vocês ficarem lendo minhas pirações, eu não curto mesmo me expor tanto assim, como acabei de fazer.

Agora já foi.

Dicas de leitura: Au pairs

Então, eu acredito de verdade que quando uma ideia brota na nossa cabeça, hoje em dia, é simplesmente impossível não recorrer ao google para procurar por fontes de informação sobre aquilo.

A ideia, no meu caso, é o au pair e desde então tenho lido, lido, lido e assistido muitos blogs e vlogs de au pairs, não necessariamente daquelas que estão na Holanda. E eu acho que esses blogs e vlogs ajudam bastante a gente que ainda está aqui pesquisando ou segurando a ansiedade, pelo simples fato de que cada menina expões uma opinião única. Sim, às vezes as opiniões são parecidas, mas cada uma delas vem de experiências diferentes e é legal manter em mente que nossas experiências também serão diferentes e que são elas que nos farão refletir sobre os mesmos temas que essas meninas refletem em seus vlogs e blogs e um dia nós teremos nossas próprias opiniões.

Não sei se me fiz clara, mas gostaria de compartilhar com vocês alguns desses blogs e vlogs (alguns já estão há algum tempo aqui na aba do + + e +, mas outros não e não acho que todo mundo olhe aquela aba).

Vlogs
Vou começar listando os vlogs porque eles são só dois. Tanto a Karol quanto a Nayra são (foram) au pairs nos EUA, mas pelos vídeos, tirando a parte de rotina/uso do carro, dá pra ver que os sentimentos, as ansiedades, dúvidas e curiosidades são bem parecidas com as de alguém que quer ser ou já é au pair em outros lugares, como na Holanda, por exemplo. A Karol já está de volta no Brasil (enquanto a Nayra continua atualizando de lá), mas é bem legal de fuçar o histórico dela.

Canal: Nayra Karla

Canal: Au Pair Karol

Blogs
Os blogs são vários! Eu acho inclusive que minha pastinha com a tag Holanda! no google reader é a que tem mais feeds, porque eu vou assinando feito louca os blogs de todas as meninas que eu descubro que são ou querem ser au pairs na Holanda,  principalmente. Mas a história é a mesma com as au pairs de outros cantos, nossas dúvidas e anseios são universais, por isso essa listinha engloba blogs de meninas que também estão nos EUA.

O Yasmin quer falar é um blog fofo. A dona dele, claro, é a fofa da Yasmin, uma carioca que está na louca busca por família. Estamos no mesmo barco, na mesma agência, na mesma fase do processo. É bastante legal acompanhar os pequenos avanços que ela vai tendo conforme eu vou tendo também.

O Hoi… it’s Holland! é escrito pela Walquirya, uma paulistana de 22 anos que está vivendo há pouco mais de um mês em Huizen. É um blog simples, pessoal, mas bastante divertido de acompanhar. Ela fala basicamente do que está acontecendo em seu dia a dia, mas de maneira bem humorada. É uma leitura gostosa.

O blog da Mariana é outra leitura bastante divertida. Infelizmente ela não o atualiza desde junho, mas é bastante legal fuçar os arquivos, principalmente dos meses do comecinho de 2012, quando ela tinha acabado de chegar na Holanda e narrava sua adaptação ao país, sob neve, vinda das quentes terras nordestinas.

Não tão atualizado, mas ainda respirando é o Minhas Relações Internacionais, da Lara. Ela fala da rotina, claro, lá nos Países Baixos, mas escreve por temas e também conta de suas andanças por outros territórios europeus. Ela escreve de maneira bastante descontraída, o que faz a gente devorar o blog.

O Before the Winter é um blog completamente diferente de todos já listados aqui porque é um blog de alguém que lutou muito para realizar o sonho de ser au pair na Holanda, mas que quando chegou lá percebeu que nem tudo é como a gente imagina. Sim, eu acredito que todas as meninas percebem isso, mas a autora deste explora bastante a parte “chata” de ser au pair. Ela já voltou para o Brasil, mas seus desabafos estão ali para quem quiser ler. Eu acho bastante interessante.

O 365 dias é um blog de memórias. Jenny, uma menina linda, é daquelas apaixonantes. As memórias dela são escritas de tal maneira que a gente fica com um gostinho muito bom na boca e ler o blog é um deleite. Conforme vamos lendo, post a post, a vontade que temos é de, quando for a nossa vez, se entregar ao menos 10% do que ela se entregou às coisas que vamos viver.

O blog da Nadja, A Caçadora de Esmeraldas, foi o primeiro blog de uma au pair na Holanda que eu li, numa madrugada no finalzinho de 2011, quando eu estava procurando loucamente por mais informações sobre o processo. Ela foi au pair lá em 2009 e atualiza o blog até hoje, às vezes tratando do assunto “au pair”, mas fuçar os arquivos é bastante interessante e descobrir tudo o que sentimos além de universal, é atemporal.

O we, au pairs é um blog que está apenas começando. Apesar de ser escrito em inglês, ele é feito por 3 brasileiras que com o tempo e as vivências holandesas vão encher os arquivos com novidades, curiosidades e banalidades da vida de au pairs nesse pequeno país europeu.

Eu acho que já dei dicas o suficiente de leituras, né? No final darei só uma dica de um blog sobre ser au pair nos EUA, mas acho que é uma das melhores que eu poderia dar. O Blog das 30 Au Pairs é exatamente o que o título indica. Ele é escrito por 30 meninas, algumas futuras, algumas atuais e outras ex-au pairs nos Estados Unidos. Cada uma posta em um dia do mês e escreve sobre o que tem vivido. É bacana porque ao mesmo tempo conseguimos todo o tipo de opinião, afinal, são trinta meninas diferentes falando sobre todas as partes do processo. Temos os anseios, temos o dia a dia e temos a voz da experiência.

Ignorância

Um dos meus maiores medos é falar daquilo que não sei. Acho que alguns de vocês (ou todos) já perceberam isso. É por isso que relutei tanto para começar a falar das minhas viagens, por exemplo, porque não queria soar de um jeito que me faz parecer alguém que entende tudo do assunto ao dar as dicas, quando claramente não entendo. E qualquer um que entende vai pensar “que otária”, porque é assim que me sinto quando leio alguns outros blogs sobre alguns outros temas.

É um troço estranho, mas me incomoda muito ver pessoas que não fazem a mínima idéia do que estão falando publicando coisas por aí, seja no facebook, seja no twitter, seja em seus blogs.

Eu não sei exatamente o que leva as pessoas a falarem as groselhas que falam, mas acho que elas realmente acreditam que sabem do que estão falando. E o pior, o resto das pessoas está tão sem referência que elas também acreditam! E daí, o horror! Ah o horror! De abrir um blog e ler tanta superficialidade e ver que outras 103 pessoas gostaram e comentaram que aquilo tudo é muito boa informação e que a partir de agora vão tentar copiar o autor do post.

Pára! Tá tudo errado, gente! Parem de se importar tanto com as tendências! Parem de se copiar! Parem de ficar na moda, de manjar o hype, bla bla bla bla. Trendsetter meu cú.

Queria fazer parte de uma época onde ainda existiam pessoas com traços fixos em suas personalidades e em seus gostos. E não me entendam mal, eu acredito em pessoas que mudam de bandas preferidas, que descobrem coisas novas e as preferem ao que já existia em seus repertórios, o problema não é esse. É que se você olhar em volta, vai ver gente que a cada 6 meses é especialista em algo novo que se já não está, logo estará na crista da onda. Gente, a crista da onda é tão chata.

E mais: estamos realmente num mundo onde é preciso admirar tanto alguém que saiba só um pouco a mais do que você? A discussão nunca é justa. Sempre fico com aquela impressão de os textos nos blogs são “chorai, leitores despreparados, hoje falarei de algo que está bombando no momento. Se vocês ainda não usam, logo estarão e a novidade se chama comer cocô” e então os comentários são “nossa, não acredito que até agora vivi sem isso, muito legal você ter me mostrado, vou tentar usar e comento aqui de novo pra dizer como foi”.

Não quero parecer muito amarga e, sei lá, acho que é legal dar uma mastigada em algo que você acha muito legal e contar pros seus leitores, ainda mais se seu blog, ou seu twitter tem um alcance bacana. Tá certo, quando a gente curte algo a gente quer mostrar pros outros. É como na escola, no dia do brinquedo a gente levava o brinquedo preferido e queria mostrar pra todos como nosso brinquedo era legal. Mas nem tudo é tão bacana, nem tudo vai mudar nossas vidas e a gente nem sempre sabe tudo sobre aquilo. E eu acho que, pra mim, é aí onde mora o problema.

Realmente fico irritada quando vejo pessoas que não entendem de um determinado tema falando sobre aquilo como se fosse a coisa mais genial do mundo! Ou falando como se fosse a coisa mais estúpida do mundo. De duas, uma: ou você descobre mais sobre o negócio e daí conta, ou você vai continuar fazendo papel de besta para aqueles que sabem mais sobre o negócio.

E eu tou falando de coisas superficiais como música, balada, moda e qualquer outra coisa moderninha e que importam aos jovens antenados.

Dói muito a alma ler tanta groselha e fico triste de verdade ao ver que tem tanta gente por aí que realmente compra essas groselhas como informação de qualidade.

Sei lá, isso me irrita tanto que nem consigo ser racional direito e me expressar de um modo que faça sentido.

 

Aparencia nova!

Se você entrou no blog de ontem pra hoje deve ter notado que a aprencia dele mudou!

O conteúdo continua o mesmo e a programação não vai mudar, mas com a ajudinha/empurrão da Julia (linda!) o blog ganhou um header novo e tão bonito que ainda tou meio besta.

E um header lindo desses não poderia ficar sozinho, então o layout mudou também. Tudo tá mais limpo e mais objetivo – o que é bom pra quem lê. Os dias daquele layout apertadinho que era o antigo se foram! A barra lateral não perdeu muita coisa e se você adora esse rolê ainda dá pra curtir ali do lado, não chorem.

Essas mudanças podem ser básicas, mas acho que não estou errada ao afirmar que elas dão um novo gás à quem escreve, então que bom! Agora quero deixar tudo bacana e bonito!

Aproveitando a onda, aproveitei pra atualizar meu about (um bis pra quem conseguir perceber) e coloquei uma página nova com links que não são úteis, mas vocês podem fazer algo com eles, tipo clicar e descobrir coisas novas – ou não.

Oba!

Os números de 2010

Os duendes das estatísticas do WordPress.com analisaram o desempenho deste blog em 2010 e apresentam-lhe aqui um resumo de alto nível da saúde do seu blog:

Healthy blog!

O Blog-Health-o-Meter™ indica: Este blog está em brasa!.

Números apetitosos

Featured image

Um duende das estatísticas pintou esta imagem abstracta, com base nos seus dados.

Um Boeing 747-400 transporta 416 passageiros. Este blog foi visitado cerca de 9,100 vezes em 2010. Ou seja, cerca de 22 747s cheios.

In 2010, there were 44 new posts, growing the total archive of this blog to 184 posts. Fez upload de 1 imagem, ocupando um total de 257kb.

The busiest day of the year was 30 de junho with 98 views. The most popular post that day was Peito pra quem-te-quer.

De onde vieram?

Os sites que mais tráfego lhe enviaram em 2010 foram twitter.com, fake-doll.com, facebook.com, google.com.br e search.conduit.com

Alguns visitantes vieram dos motores de busca, sobretudo por tetudas, peitos, saturno, harmony korine e wagner moura

Atracções em 2010

Estes são os artigos e páginas mais visitados em 2010.

1

Peito pra quem-te-quer abril, 2009
5 comentários

2

Saturno devorando seu filho. setembro, 2009

3

A pintura realista de Diego Gravinese agosto, 2009
1 comentário

4

A cabeça doente de Korine, ou comparando e relacionando: De Gummo à Ken Park. setembro, 2008
5 comentários

5

Beth Ditto Divine julho, 2009
1 comentário