Programação para a Manga!

Eu concordo com vocês que fica complicado acompanhar qualquer coisa que não tenha uma frequência muito boa. Por isso não culpo ninguém que não consegue acompanhar muito bem esse blog.

Depois de muita reflexão, ponderação e outros sinônimos e similares, resolvi chacoalhar a poeira da minha mente e voltar a escrever/postar com mais cuidado e carinho no meu cantinho obscuro da inter-nets. Sim, eu estou falando desse blog lindo aqui, o Aceite esta Manga.

Me programei, criei até uma agenda no google calendar pra poder me organizar. Agora os dias da semana terão posts fixos, em teoria, mas eu vou tentar ao máximo me ater a eles.

Ai, que legal, né? Mas que conteúdo tão incrível é esse que vou compartilhar com vocês? Então… hahaha.

Aos domingos: tô pensando em compartilhar com vocês playlists legais com músicas bacanas para embalar a próxima semana. Só não sei ainda a plataforma que quero usar, pq sou preguiçosa. Alguém tem uma sugestão?
Segundas: vídeos sobre o processo de au pair. Sim, mas nas segundas vão ser vídeos mais sobre o processo mesmo, tipo app, agência, skype, visto e afins.
Terças: nada, também sou filha de Deus.
Quartas: um post pessoal, pode ser escrito, pode ser um vlog, pode ser o que eu quiser, ok?
Quintas: sério, me deixem descansar.
Sextas: outro vídeo sobre au pair. Eba! Só que dessa vez coisas mais práticas, como o inglês, o pocket money, custo de vida, coisas legais.
Sábados: sábado é dia de eu exercitar minha vision board com vocês, compartilhando lugares do mundo que eu adoraria visitar.

Tá bom? Acho que está. Pode melhorar? Com certeza. O importante é começar de algum lugar.

Curte o blog lá no facebook (tem a caixinha pra curtir aqui do lado, aproveita a praticidade) e sempre que um post novo vai pro ar, você recebe lá.

Ou segue o blog por email, é só colocar seu email aqui do lado também, aproveita essa praticidade também. Se você tiver conta no wordpress, segue o blog pelo botão de seguir deles.

Tem como seguir no google+ também. E se você quiser ficar sabendo dos vídeos, sem precisar entrar no blog, se inscreve lá no canal do youtube.

Olha só, várias opções.
Então é isso, tá? Até amanhã!

Novo layout!

Amigos e amigas, vocês tão bem?

Hoje o post é só pra marcar uma mudancinha que rolou aqui no blog! Depois de alguns anos com um layout lindo que eu amava e sempre tinha medo de mudar… finalmente mudou!

Screen Shot 2015-06-08 at 1.01.24 PM

Screenshot pra lembrarmos de como o blog era 🙂

E aí, gostaram da aparência nova? Dei uma ajeitadinha aqui no menu lateral também, deixei ele mais modernoso. E coloquei algumas coisas lá embaixo, no menu de rodapé, vai lá conferir.

Basicamente é isso. O header alí em cima ainda é o mesmo, lindo, da Júlia D’Alkmin.

[Vídeo] DROPS #1 – Pré requisitos

Como eu falei no último vídeo, aquele sobre o meu processo, resolvi criar uma série de vídeos (que vou ao máximo tentar manter) curtos respondendo as dúvidas mais frequentes sobre o au pair na Holanda, que recebo tanto aqui nos comentários do blog, como no email de contato dele, via inbox no facebook e em outros lugares…

No primeiro vídeo começo do início e listo e comento um pouco sobre os PRÉ REQUISITOS necessários que você precisa cumprir para se inscrever no programa. Quer ver quais são?

Aqui no blog já tem uma página também dedicada ao tema, além de relacionar também quais são os benefícios que recebemos quando estamos lá na Holanda.

Tá gostando dos vídeos que tenho feito? Se inscreve no canal e aí você não perde nada, porque a programação é continuar colocando novos sempre.

E você tem alguma dúvida que quer ver respondida num vídeo? Me diz qual é ela!

 

[Vídeo] Meu Processo para ser au pair na Holanda

Oi!

Aqui no blog, no menu ali em cima, tem o link pra todas as informações que você precisa sobre o universo de au pair na Holanda. Se você está aqui no blog por esse motivo, você provavelmente já deu uma passadinha por lá, né? Lá, inclusive, tem uma parte que eu contei com dados e comentários sobre o meu processo. Dá uma olhadinha lá.

Mesmo assim, como estou gravando diversos vídeos sobre o tema, resolvi aproveitar e gravar um vídeo sobre o processo. Acho que dessa forma fica mais testemunhal e talvez ajude vocês a entenderem como foi tudo pra mim, desde o momento em que descobri o mundo do au pair até o momento em que cheguei lá na Holanda!

Então clica aqui embaixo e assiste.

(Eu também vou deixar o vídeo lá na página do meu processo permanentemente.)

agora eu sou uma padaria

Agora eu sou uma padaria :)

agora eu sou uma padaria

Agora eu sou uma padaria!

Oba!

Desde que me mudei pra Brasília o forno tem sido meu grande aliado.

Bolos gordinhos, bolos de frutas, pães de todos os jeitos e agora panetones… Estou também começando a experimentar os bolos diets da série Dukan, se ficarem gostosos conto pra vocês, mas isso só em janeiro.

O fim de ano chegou e a corrida pelos panetones é maluca, mas não vejo nada no mercado que me estimule a comprar. Eu sei que se eu fizer em casa vai ficar tão gostoso quanto e muito melhor recheado. A melhor parte vem de que eu sei exatamente tudo o que tá no panetone que eu fiz em casa, sei que não tem conservantes malucos, que o sabor é do que eu coloquei lá, não de essências e afins. A cor dele também é a cor que fica. Se ficou lindão do jeito que ficou, é porque eu acertei na mão hahaha.

Mas também não é só uma questão do que eu acho. Eu gosto bastante de receber visitas e assar uma sobremesa, um bolinho pra todo mundo ficar feliz. E o feedback positivo me colocou nesse caminho.

As vendas começam com os panetones, mas logo tem novidade para todo mundo encomendar, pão de cebola, pães recheados, pães integrais, massa de pizza congelada… e os tais dos bolos.

Para acompanhar os doces, brigadeiro de colher substituindo a cobertura e geleias de frutas.

Tudo feito na minha cozinha, tudo natural. Tô feliz!

E encomendem seus panetones, prometo e há quem comprove, eles são uma delícia!

header novo

(pode clicar em qualquer uma das imagens que elas te levam pra padaria do facebook 😉 )

Esse post será em inglês.

lariherald

Hello my fellow readers!

I know I have a few visitors every now and then from countries where the spoken language is not Portuguese. I do consider that maybe these readers are just Brazilian people reading it, but perhaps they can be English, American, Canadian, or European readers that for some reason the search engines sent here and all they face is a blog written in Brazilian Portuguese with some recurring English terms, some world cultural references and that’s it.

Therefore, in the beginning of the year, this year, 2014, I decided to create a new blog, The Lari Herald, to exercise my English writing, since I have already exercised my reading and speaking in a great extent.

There are a lot of things I still need to practice, I feel I write very much in the same way I talk, which is very much colloquial. Although I have read all the classics in its original, (by classics, I meant mainly the novels by Miss Austen and the Bronte sisters hahaha and some others), I cannot and I feel I should not write in that manner.

Anyways, The Lari Herald came in its existence so my foreign friends could read to whatever I was to write to keep them updated to my exciting life back in Brazil. The fact is, I have to admit, I did not write that much, so I neither exercised my writing skills nor updated my friends on my life events. Actually, I feel I did not even advertise it to my world spread friends, so no one is really reading it. Ironic, huh?

If you can only read English when you fall on your butt on this blog and you wish you could read it better… (google translate does do the job, but oh my god, why is he so bad at it?), you can always click on the “read in English” link over there on the menu bar, but I have to warn you: the content is not always the same… actually, I’d say it’s fairly the same, or not the same at all hahaha.

But now we have some news on that! You can comment on that posts using the facebook comment box app, and if you feel like reading some content somewhat similar to what I’ve been writing in Portuguese, you can always let me know.

I do have a contact form you can fill here on this blog as well, or you can write to contato.aceiteestamanga@gmail.com and we can talk about it. I’d love to hear from you.

Hair tutorial gone wrong

Semana passada rolou no facebook um vídeo hilário de uma menina torrando o cabelo no babyliss. Impossível alguém ter perdido ou ter visto e não ter achado engraçado.

Eu não sei bem o porque de ser tão bom, mas a cara que ela faz quando repara que o cabelo saiu no aparelho é impagável.

Pois é, e hoje ela foi a convidada no programa da Ellen!

Ela foi lá pra contar mais detalhes sobre o ocorrido, sobre como aconteceu, quando aconteceu e afins. Pra mim, a maior surpresa é que ela só tem 13 anos! Ela parece ter alguns anos a mais e além disso, eu reparei que não sei nada sobre as pessoas que nasceram no bug do milênio. Galera dessa idade já tá fazendo tutorial online e tudo mais.

A melhor parte é quando ela diz que não sentiu cheiro ruim nem nada! E eu me lembro que quando eu tinha mais ou menos essa idade, eu fui escovar o cabelo de uma colega do prédio em que morava e eu acabei deixando o secador muito tempo num mesmo trecho do cabelo dela e tbm queimou com o calor hahahah sorte que foi bem no meio da cabeça, eu nem sei se ela percebeu a minha cagada depois, mas eu lembro que na hora ela me perguntou sobre o cheiro de queimado e eu disse que não era nada, que talvez fosse do secador, e o deixei desligado por alguns minutos antes de voltar a secar o cabelo dela.

Kristen Bell e as preguiças.

Uma das minhas atividades diárias preferidas é assistir aos clipes de talkshows no youtube. O’Brien, Kimmel, Letterman, Ferguson… e a Ellen! Hahahaha, tirando todo o lado Oprah do programa dela, as entrevistas são muito divertidas e uma das minhas preferidas aconteceu há algum tempo já, quando a Kristen Bell contou sobre seu carinho e sua experiência com os bichos preguiça:

A história que ela conta por si só já é hilária e o vídeo inclusive foi auto-tunado pelos Gregory Brothers e ficou muito bom! Mas o final, quando a Ellen fala que ela ia trazer pro estúdio uma preguiça e é mentira a Kristen começa a chorar hahahaha e ao mesmo tempo que é muito engraçado dá uma dó!

O próprio canal da Ellen publicou um vídeo da entrevistada no camarim justificando suas lágrimas.

Caso encerrado? Não mesmo! Semana passada uma grávida Kristen Bell foi ao programa e o que aconteceu? Sim! A Ellen DeGeneres levou uma preguiça pro estúdio e a Kristen pode até lhe oferecer uma banana.

Achei tão fofo!

Dicas de leitura: Au pairs – parte 2.

Há uns 3 meses mais ou menos eu dei algumas dicas de blogs (e vlogs) de au pairs que estão na Holanda e nos EUA. Pois bem, uma nova leva de au pairs está chegando ou chegou há um tempinho e por isso vou dar novas dicas! É legal para quem quer acompanhar as (des)aventuras em série dessa nova leva em tempo real. Acho que a troca de experiências pode ser mais valiosa assim. Vamos às dicas!

Minha primeira indicação é um blog de uma futura au pair nos EUA, a Aline. O bla bla bla au pair é um blog gostoso de ler porque os posts são curtinhos, mas frequentes, então não tem erro nem prolongação. A escrita é super bem humorada e ela explica direitinho assuntos como a burocracia do visto americano para au pairs, fala sobre a região onde irá morar lá na costa leste e também tem um espaço super menininha, com desabafos (claaaro) e receitas de deliciosidades que nos é sempre útil.

O Brasileira na França é um blog bem descritivo, mesmo! A autora, Jéssica chegou há pouco tempo na França e está relatando com detalhes o seu dia a dia. É legal ler sobre uma rotina tão parecida, mas ainda assim num lugar tão diferente do eixo que eu pelo menos estou acostumada. E desde antes do seu embarque ela já não economizava nas palavras e sempre compartilhou todas as informações que envolvem o processo pra lá. Esse blog é pra quem gosta de boas histórias.

O Surviving the Unknown é o blog da Flávia e é um dos que eu adoro ler. Ela está indo para a Holanda logo logo e eu não sei explicar direito, mas ela é tão direta, objetiva, não sei explicar mesmo! Mas gosto da maneira como ela se expressa e dos temas que aborda no blog. É um blog sóbrio, mas fluido, gostoso de ler.

Se você procura um blog doce, minha dica é o Pra Nunca Esquecer, da Raphaela. Ela acabou de chegar lá na Holanda e por enquanto está atualizando bastante. O blog é bastante feminino, não só esteticamente, mas o conteúdo também, apesar de ser bastante pessoal. Ela dá dicas legais e comenta sobre sua rotina.

A Liza usa o Tamanco Verde e Amarelo para contar alguns causos, compartilhar alguns fatos e registrar sua estadia lá no sul da Holanda. Ela já está lá há algum tempo, isso é verdade, mas no outro post eu acabei esquecendo de dar essa dica. É uma leitura tranquila e é sempre legal acompanhar as histórias de gente como a gente hahaha.

A Luanda tem um blog-diário que é um dos mais completos que já vi nessa minha vida de leitora de blogs de au pairs. Pra vocês terem uma ideia, ela fez um post que eu considero o santo graal das dicas de o que levar na mala. Eu não vou entrar em muitos detalhes sobre isso agora, é claro, mas deem uma linda. Texto lindo! Ela chegou em Den Haag (Holanda) no começo do mês e já foi au pair nos EUA também, dá pra ler tudo sobre a primeira experiência dela lá nos arquivos do blog. Uma delícia!

O IsamsterDAMN! não é simplesmente um blog, a autora, a Isa, aproveitou o gancho e o transformou num site bastante completo. Os assuntos não são diferentes dos de um blog comum, mas a navegação e o layout são bem diferentes. O nome vem do fato de ela estar chegando em Amsterdam logo logo, mas já faz algum tempo que ela vem escrevendo sobre a experiência toda. Ela também está na equipe d’O Blog das 30 Au Pairs.

O único rapaz a integrar a lista de blogs que indico é o Willian com o Agora que sou au pair na Holanda. Ele também já foi au pair nos EUA e agora mora em Maastricht, no sul do país das tulipas. O blog é bem maduro, mas também é muito divertido e a leitura é super fácil. Além disso tudo, é muito legal ler a opinião não só de alguém que já tem experiência no assunto, mas também de um homem sobre esse universo tão dominado por nós mulheres.

Pra fechar o post, indico o blog da Beth, o Bem me leve. Já faz algum tempo que ela voltou pro Brasil (tipo, alguns anos), mas ela ainda usa o blog pra contar das memórias e experiências que teve. No entanto o blog não é um caderno de memórias, todo nostálgico e romântico… é claro que esses elementos estão presentes, porque fazem parte da saudade, mas o foco principal é relembrar, reviver e dar dicas para as atuais e futuras au pairs que ainda são direcionadas ou caem de paraquedas em seu blog. Além disso os arquivos da época em que ela foi au pair ainda estão disponíveis então é possível espiar o que aconteceu no seu ano holandês.

Pronto! Bem provável que eu ainda faça diversos outros posts sobre o tema, porque gente… haja au pair! E dentre todas, sempre existem aquelas que se arriscam a escrever e conseguem construir conteúdo belo e útil para aquelas que também querem se aventurar ou que querer estar pertinho delas durantes suas aventuras.