I have a match!

Placed

Olha ali o carimbinho que tanto desejei ver na minha fotinho!

 

Eu não tinha muito o que falar, lembra? Apesar de muitas, mas muitas mesmo, coisas estarem acontecendo. Agora aconteceu algo que vale a pena contar. Pois é, cerca de um ano após o primeiro post dessa novela começar, venho contar o novo capítulo!

Realmente, na vida, paciência é uma virtude. Mas pra ser au pair essa virtude é indispensável. Claro que algumas meninas têm a sorte de não precisar usar muito da tal paciência logo de cara, porque a fase pré-match é rápida, mas nem sempre é assim e quando as coisas começam a demorar um pouquinho a gente sempre tende a dar pulinhos de ansiedade e a andar em círculos sem foco só pensando porque tá demorando tanto.

Depois de muito exercitar minha paciência, depois de um tempo eu percebi que a gente não pode depositar nossas expectativas num objetivo só, então eu comecei a focar em outras coisas (eu mesma, por exemplo) e a espera se tornou muito mais confortável. Depois de 6 meses, a House me avisou que havia uma família interessada em me conhecer.

Quando li o perfil deles me senti segura, tudo o que eu li se encaixava exatamente no que eu esperava: número e idade das kids, schedule, tipo de cidade. E parecia que eu também poderia ser o que eles esperavam. Depois de uma conversa com a host mom (com participação especial e inesperada das kids), uma conversa com a atual au pair, uma conversa com o host dad e mais uma conversa com os hosts juntos eles ficaram de se decidir… e eu recebi um email deles me dizendo que adorariam que eu seja a nova au pair deles! Aceitei na hora. Todas as conversas foram ótimas pra mim e, tirando a primeira conversa com a host mom, não houve nervosismo, eu me senti bastante confortável.

Vou morar em Baarn, uma “little town” super charmosa (de acordo com o google street view) e bastante segura e gostosa de se morar (segundo a atual au pair deles, que também é brasileira). Lá tem bastante au pairs de outros países que não o Brasil, e elas acabam formando um bom círculo social internacional. Baarn fica perto de Amersfoort, Hilversum, Utrecht e parece que de trem demora-se cerca de 40 minutos para chegar na Amsterdam centraal (igual eu pra chegar na aiupa, só que pra chegar na aiupa eu demorava cerca de 1:30 hora hahahaha).

Me sinto assim:

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s