O que é ser Au Pair e ser Au Pair na Holanda.

O termo Au Pair é francês e quer dizer “igual”, básicamente. Ele surgiu quando, depois da 2ª Guerra Mundial, muitas jovens de famílias ricas perceberam que precisariam trabalhar e melhorar seus estudos, assim elas poderiam manter a qualidade de vida (morar com boas famílias, por exemplo) e ainda investir num futuro melhor. Uma Au Pair deve ser tratada como um membro da família, ou da melhor forma possível, e em troca faz parte da família, ou seja, ajuda nas tarefas domésticas e acompanha as crianças da casa no dia a dia. O papel da família é garantir o bem estar da jovem.

O au pair é sim um intercambio de work and study, mas o foco tanto da au pair quanto da familia precisa estar voltado para a parte do study, ou melhor, discovery. Quem quer ser au pair precisa antes de tudo ter fome pelo desconhecido e ter ganas de desbravador.

O que preciso para ser Au Pair na Holanda?

Para ser au pair na Holanda você precisa ter entre 18 e 30 anos. Você pode ser tanto menino quanto menina, lá o programa é aberto para ambos os sexos! Você não precisa saber dirigir, o transporte público na Holanda é bem eficiente, as distâncias nas cidades não são tão grandes assim e caso você queira chegar mais rápido, você sempre pode apelar para o transporte mais popular de lá: a bicicleta. Ao contrário do caso de saber dirigir, você vai precisar saber andar de bicicleta. E mais, provavelmente será perguntado se você se sente segura ao levar outros na garupa. É legal se você souber nadar também, mas não é algo necessariamente cobrado.

Você não precisa saber falar holandês, mas precisa estar disposto a aprender. Ter um bom nível de inglês é muito importante. Você não precisa ser fluente, mas é bacana estar num nível intermediário, porque por mais que todo mundo na Holanda fale inglês, ele também não é o idioma nativo deles e erros são cometidos. Então é bom você ter uma boa capacidade de compreensão e expressão para minimizar erros de comunicação.

Você precisa ter terminado o ensino médio, isso é requerimento básico, assim como o inglês e estar dentro da faixa etária estipulada. Além deles, você também precisa ter experiência com crianças. Sim! Lembre-se que você está indo pra lá (e depois de todas as suas motivações pessoais), e um dos motivos principais é que lá você irá lidar com crianças. Elas irão sim ocupar boa parte do seu tempo e você precisa saber lidar e ter jogo de cintura quando as crianças saem do estado “fofo”. Você precisa ter experiência e precisa gostar de crianças.

O último pré-requisito é o de que você não pode ser casada e também não pode ter dependentes. Se você já é casada, tiver que cuidar de alguém ou de um filho, você automaticamente não se encaixa no perfil de au pair porque o programa precisa que você não tenha nada que realmente te prenda no seu país de origem ou que seja motivo para a sua volta antes do final.

Nota importante: Se sua intenção maior é melhorar o inglês a Holanda pode não ser o lugar mais apropriado. Apesar de muitas meninas voltarem falando melhor, lá o inglês é apenas uma segunda língua mesmo que seja mesmo praticada diariamente. O quer dizer que possivelmente, por mais que você pratique o inglês, isso não irá te ajudar a conseguir um sotaque mais natural (talvez até atrapalhe na pronúncia de algumas palavras), ou também a melhorar o vocabulário da mesma maneira que aconteceria caso você fosse para um país onde a língua oficial seja o inglês.

Como é ser Au Pair na Holanda?

Estar na Holanda é como abrir as portas para a Europa. O país te permite chegar em país Alemanha, Bélgica, Inglaterra e França bem rápido. Além disso, a própria Holanda é um país riquíssimo em cultura apesar de ser pequeno.

O salário do au pair é quase uma mesada, mesmo. O mínimo que a família pode te pagar é 300 euros por mês e o máximo fica nos 340 euros, mas algumas famílias decidem pagar mais. Mas mantenha em mente de que o seu salário estará em torno de 300 a 340 euros por mês e não vá pensando que só porque você já viu garotas que recebiam 500 euros por mês você também vai receber.

Além do salário, você tem o direito de que família te pague um curso no valor de 230 euros. Tenha em mente que provavelmente a família irá querer pagar por um curso de Holandês, mas tudo pode ser conversado e você pode convencê-la a pagar algum outro tipo de curso.

As suas horas de trabalho não podem passar das 30 horas semanas, que a família pode distribuir como quiser, desde que não ultrapasse 5 dias da semana. É direito seu ter 2 dias da semana livre e normalmente esses dias são o final de semana, mas pode ser que sejam outros. Fique atenta. Além dessas 30 horas, a família pode pedir que você faça babysitting por até 3 noites durante a semana. Qualquer trabalho que você faça além dessas 30 horas e 3 noites semanais é considerado hora extra e isso precisa ser conversado, porque hora extra significa pagamento extra. Muitas meninas combinam um valor fixo por noite extra, outras combinam um pagamento pela hora extra trabalhada e por ela recebem 5 euros. É importante sempre ser clara com a família sobre os horários de trabalho e ser firme para cumpri-los. Pra finalizar, a família precisa garantir que você terá ao menos um fim de semana livre por mês, mesmo que seus dias livres normalmente não sejam o sábado e o domingo.

Você também tem direito a no mínimo 2 semanas de férias remuneradas pelos 12 meses trabalhados e a família também precisa garantir que você tenha boa acomodação e alimentação enquanto você estiver morando com eles. Produtos de consumo próprio e higiene pessoal normalmente são bancados pela própria au pair. Além disso, a família precisa fazer seguro de saúde e seguro contra acidentes em nome da au pair.

~~

Nota: esse post foi alterado em Julho/2013, pois com mudanças na Lei de Imigração da Holanda novas regras foram estabelecidas para o programa de Au Pair, incluindo o limite idade que subiu de 26 para 3o anos.

Anúncios

2 comentários sobre “O que é ser Au Pair e ser Au Pair na Holanda.

  1. Paula Silva disse:

    Lendo parece ser fácil, porém na prática é tanta exigência, principalmente pela idade, teno 50 anos e estou apta à trabalhar como au pair integral, baby, cuidadora, mas está tão difícil, principalmente por eu estar no Brasil. Infelizmente não encontrei qualquer ajuda para me dar essas oportunidades! Paula Silva/ Curitiba/Brasil

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s