Prafrentex.

Depois de perceber que só venho até aqui pra reclamar, resolvi que vou manter o bom humor e ser uma pessoa legal.
Eu já sou uma pessoa legal, sem querer ser chata, eu sou legal mesmo, talvez porque eu sou assim meio easygoin’.
Mas ok, vamos sair desse universo que me dá espaço pra voltar a reclamar sobre as coisas que me fazem ter o que reclamar: pessoas. E sendo uma delas eu posso reclamar até de mim.
Agora só vou contar coisas bonitas e legais, tipo ontem que apesar do post/desabafo foi super legal.
Fui com o Telefone, o Frimm (olha que bonito, não sei escrever o nome dele) entrevistar o Juninho do RDP pro TCC deles que é sobre a Verdurada e o Juninho tá no coletivo desde o começo e tudo o mais, além de mim como acompanhante/assistente de câmera a Jack também foi junto.
A gente chegou lá no estúdio umas 4 horas e ele ainda tava ensaiando com o Boom Boom Kid, então a gente ficou esperando lá e daí saiu o anão/vocalista do glória da sala da frente e eu pude me divertir tentando comprovar de que sou maior que ele (isso ainda vai acontecer, ele é só um tantinho maior… preciso começar a usar saltos). Ah, apenas uma observação: eu sou menor que ele mas ele é o anão, NÃO eu! Então…
O ensaio acabou e a gente entrou na sala pra entrevistar o Juninho, a entrevista foi muito boa e ele falou um monte de coisa que eu não sabia direito sobre a Verdurada e ah, foi muito legal. Foram quase 50 minutos de entrevista que segundo o Frimm (o jeito que eu resolvi escrever o nome dele), vai ser difícil de decupar, porque ele falou muita coisa boa e importante.
Depois da entrevista do Juninho a gente entrevistou um pouco o Nekro do BBK, pra ele falar sobre como é/foi tocar lá na Verdurada. Ele é tão fofo e carismático que dava vontade de abraça-lo enquanto ele falava aquele espanhol meigo e enrolado que só Deus sabe como eu entendi o que ele dizia hahahaha. O Telefone aproveitou pra perguntar se ele tá torcendo pelo Pumas na copa, e ele respondeu que não se liga muito não, mas o sogro dele treina um time e deu o email dele pra gente armar um amistoso internacional. Muito legal! A Claudia não quis ir e se fudeu, porque o Nekro é fofo e ia muito lembrar dela. hihihihihihihi.
A volta pra casa ainda envolveu uma passada no Bob’s da Paulista e uma jantinha rápida naquele restaurante mexicano que tem ali na rua da consolação que é muito bom também.
Ontem aconteceram (a maior parte dentro da minha cabeça mesmo) muitas coisas chatas e que me deixaram esgotada, mas se for pra escolher entre tudo de bom que aconteceu e o resto, prefiro as coisas boas.
Ps: acabei de fazer horrivel na prova de metodologia de pesquisa.

Anúncios

3 comentários sobre “Prafrentex.

  1. andrechaos disse:

    porra lari, bob’s é dureza, hein?
    e tem um mexicano fast food na augusta, que eu gostei. chama tollocos, quase em frente ao espaço unibanco!

    sobre o show do nashville, porra, foi sabado! hahaha de onde tirou que era no meio da semana?

    Curtir

  2. Loverox disse:

    ai Lari! onde é esse restaurante? Super quero ir num mexicano. 😀 nunca ouvi metade das bandas que você citou, mas já ouvi falar de algumas pessoas, então, tô meio por dentro. xD

    Curtir

  3. falco disse:

    É impressionante como todo mundo (e veja só você, o mundo tem MUITA gente) já comeu nesse restaurante mexicano… menos eu! Ahaha…

    Preciso ir lá qualquer dia!

    E vê se para de reclamar, po! Ehehe… 😛

    :**

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s