Essa coisa muito louca.

De blog. Ou bloggar? Tem dois g’s?
Ter um blog é fácil até. Pra mim não foi, como vocês sabem (ou podem saber se lerem o primeiro post) eu tive dificuldades no processo de criação, mas a verdade é que manter essa bagaça é bem pior. Não que eu não tenha tempo ou não tenha sobre o que escrever, mas acontece que é muito difícil parar pra pensar.
Já escrevi que esqueço meus pensamentos formatados, a além disso meu computador de casa não colabora. Creio que pra escrever num blog, postar, é preciso todo um clima. Música bacana, harmonia de pensamentos e privacidade. Meu computador quebrou de novo e tô agora postando diretamente do laboratório de redação 3, entre o Sir Rafael B. Takano e a Dona Claudia. Sinto vergonhas.
A Claudia olhou o que eu escrevo e eu dei uma cotovelada nela, agora tive dificuldades em escrever cotovelada e eles olharam pra tela pra saber porque tô escrevendo tal palavra. Aí a vergonha novamente meus amigos. Não me importo que leiam depois, mas não leiam na minha frente. Por favor.
Pausa para malandragens.
Apenas concluindo. Esse troço é complexo.

Anúncios

7 comentários sobre “Essa coisa muito louca.

  1. glauber disse:

    nossa, eu nem ligo muito não! uahsduhasd
    pena que lá na faculdade o blogger é bloqueado! =/

    mas, SiM! pra escrever é preciso todo um ritual! mesmo que vc vá escrever beteiras

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s